O desenvolvimento da liderança contábil

Em uma década que vivenciamos softwares de gestão de contabilidade, feitos da Inteligência Artificial e até mesmo a espera do 5G, muito se questiona sobre até que ponto tecnologias atuais transformarão o mercado de trabalho, afetando as profissões como as conhecemos. Um estudo publicado pela consultoria internacional Ernst & Young aponta uma lista de profissões que seriam extintas em 2025, dentre elas, o profissional de contabilidade.

Empreendedores e empresários também estão lidando com mudanças de paradigma, em cenários de competitividade acirrada, retração de custos, carência de profissionais qualificados e clientes cada vez mais exigentes. Nessa realidade, como investir em inovação se tornou uma estratégia para se destacar da concorrência.

 

Investir em contabilidade continua sendo essencial para a gestão de lucros de qualquer negócio. Entretanto, os serviços hoje vão além da terceirização pelo BPO Contábil ou BPO Tributário e Fiscal. A automatização de processos através de soluções de integração contábil não inutiliza o profissional; pelo contrário, potencializa suas habilidades de gestão, tornando a profissão muito mais estratégica do que operacional, destacando as empresas que se adaptam ao movimento de liderança contábil.

Proximidade e tecnologia geram resultados inteligentes na liderança contábil

É inevitável enxergar a modernização do mercado contábil como cooperativa – onde contadores, empresários e empreendedores estão dispostos a abrir seus horizontes e buscar juntos inovações para oferecer serviços cada vez mais completos e assertivos.

A contabilidade evoluiu e as empresas nas quais a liderança adquiriu visão de inovação estão utilizando a liderança contábil como estratégia para evoluir o negócio, oferecendo verdadeiros serviços de gestão empresarial através dos seus conhecimentos de panorama contábil.

O profissional que deseja se destacar em meio ao ambiente tecnológico precisa estar em constante atualização, buscar quais são as tendências de mercado para aplicar em seu negócio e principalmente, entender que a transformação digital tanto facilitou processos, quanto levantou novos questionamentos – tendo o eSocial como um dos exemplos mais recentes desta ambiguidade.

A liderança contábil inovadora atua nesse mercado com um forte senso de objetivo: garantir a excelência dos processos e auxiliar o crescimento de seus clientes. Nesse raciocínio, a chave para transformar o negócio está na humanização da profissão e na proximidade.

Líderes conectam pessoas e propósitos

Um bom líder aproxima sua equipe do cliente e estimula a criação de um time altamente comprometido, que está disposto a ir em busca de metas mais ousadas para ser capaz de tornar a solução dos desafios do cliente parte da sua rotina.

Segundo o Great Place to Work – empresa de pesquisa e treinamento sobre ambientes de trabalho – funcionários que trabalham para um propósito contribuem para uma organização mais lucrativa, produtiva e sustentável. Os níveis de satisfação dos profissionais chegam a ser maiores que 70% e de engajamento maiores que 40%.

Hoje, transformar o capital humano através do RH Estratégico é também um fator de diferenciação competitiva. Ao proporcionar em um mesmo ambiente o crescimento organizacional, profissional e pessoal, o colaborador se sente valorizado e impulsionado a dar o seu melhor, pois tanto a empresa quanto ele trabalham focados no mesmo objetivo: o sucesso profissional.

A liderança deve ser capaz de agir até em crises

Não é fácil gerir um time em meio a incertezas que cercam uma crise, porém, deve-se pensar que é uma oportunidade de aprendizado. O investimento em treinamento é sempre uma opção saudável, pois uma vez que sua equipe sente que está sendo desenvolvida – mesmo que a situação pareça ser difícil – o colaborador fica mais engajado a ajudar a empresa a sair da situação, ao invés de desmotivado.

Quanto mais pessoas pensando juntas em soluções, melhores são as saídas que são criadas. Coloque o seu RH estratégico para tomar as rédias e elaborar ações de endomarketing que envolvam os colaboradores como produtores de conteúdo.

Caso você queira se aprofundar ainda mais nos conhecimentos, preparamos um guia de gestão de crises para a liderança, focado em orientar a tomada de decisões e trazer insights para o seu negócio.

© 2020 Grupo Insigne Desenvolverdor