Tudo sobre Compliance e a importância para o mundo corporativo

O objetivo implementar um programa de Compliance é construir, desenvolver e manter a cultura ética nas empresas. Consiste em uma série de ações que resultam em cumprir regulamentos internos e externos, impostos às atividades da organização a fim de antecipar riscos e atender às exigências normativas.

Desde 1999 está em vigor a Convenção sobre o Combate da Corrupção, estruturada pela Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico, e nela preconiza-se as boas práticas, controles internos, ética e Compliance como diretrizes que deverão ser observadas pelos signatários.

Por isso, ter um programa de Compliance integrado aos objetivos estratégicos da sua empresa não é apenas um diferencial nas tomadas de decisão de novos negócios, mas sim, um pré-requisito para a garantia de qualidade e transparência.

Como aplicar Compliance na minha empresa?

Você pode aplicar o Compliance na sua empresa em três curtos e estratégicos passos:

1) O primeiro passo sugerido é criar um comitê para tratar o tema com a devida atenção e foco necessários para o sucesso do programa.

2) Em seguida, defina políticas e diretrizes de comunicação e treinamento aos seus stakeholders e, em paralelo, implante um canal seguro de denúncia e um programa de integridade no processo seletivo.

3) Para adequação às normas instituídas pela LGPD, a política de compliance também precisa se atualizar. Todos os acessos de dados pelas empresas, seja de colaboradores ou clientes, devem se enquadrar nos parâmetros definidos pela lei. Essa atualização pode depender da participação de um profissional responsável, que atuará junto ao Comitê de Compliance para garantir que as práticas estejam dentro do que é exigido. Além disso, os advogados que cuidam da corporação também devem estar a par do processo.

As ferramentas mais utilizadas pelas organizações costumam ser as seguintes:

-Treinamento e desenvolvimento sobre ética organizacional;

-Códigos de ética e conduta;

-Canal de denúncia;

-Due diligence de fornecedores;

-Programas de integridade;

-Jogos de Compliance.

Quais as vantagens de um programa de Compliance?

Os ganhos vão muito além de apenas se adequar às leis. A prática de condutas dentro do que é exigido por lei diminui traz uma defesa à própria imagem da empresa e também dos membros estratégicos que respondem por ela. Essa postura desencadeia uma série de benefícios, que ajudam a fixar a organização no mercado e a construir uma imagem positiva perante aos stakeholders e consumidores.

A cultura organizacional também tem um forte impacto no comportamento do time interno, que passa a atuar com mais integridade e indicar níveis maiores de satisfação e de fidelização em empresas que valorizam essas boas práticas. Isso se estende ao ponto de manter o alto índice de qualidade e da confiança do consumidor em relação aos produtos ou serviços oferecidos.

Agora o mais importante: hoje os consumidores exigem clareza com as marcas e instituições com as quais eles se relacionam, e por isso, com foco na transparência, empresas em Compliance tendem a atrair mais clientes e obter destaque em relação à concorrência. Valores éticos e relacionados ao consumo sustentável também são importantes e levados em consideração pelo público em geral quando escolher uma marca ou empresa.

Por fim, é entendível que a Compliance funciona tanto como um diferencial competitivo, como um pilar interno da empresa, buscando consertar erros corriqueiros, tendo um olhar para a parte de gestão de pessoas e contabilidade da empresa.

Qualquer erro detectado na área contábil e fiscal pode trazer sérias complicações futuras, principalmente quando falamos de Compliance. Quer saber como uma gestão contábil consultiva colabora com a manutenção do Compliance? Acesse abaixo.

 

© 2020 Grupo Insigne Desenvolverdor